Mensagem

 

Fale Conosco

Endereços

 
  • Rua Três nº 184 - Parque das Indústrias - Betel - Paulínia - SP CEP: 13148-378 (Condomínio Entre Rios Galpão 6)
  • comercial.tc@soenergy.com
  • (19) 2223-9925/29 - (19) 99326-4953
  • www.soenergytc.com

DÚVIDAS FREQUENTES

Chillers são, basicamente, grandes geladeiras que servem para refrigerar água, por isso também são conhecidos como resfriadores de água ou geladeiras industriais.

Podem ser utilizados para processos industriais ou conforto do ambiente.

Paradas programadas ou de emergência; Eventos; Industriais Alimentícios; Projetos do governo; Indústrias Farmacêuticas; Indústrias de Petróleo e gás, petroquímicos e refinarias; Hospitais; Indústrias Químicas; Indústrias automobilísticas; CPDs; Logística; Aeroportos; Estações de metrô; Armazéns; Pistas de patinação no gelo; Mineração e tunelamento, telecomunicações; Refrigeração em geral.

A principal diferença é a temperatura de set point.

Em processos industriais pode-se trabalhar com temperaturas abaixo de zero variando até 10ºC, devendo utilizar-se de anticongelantes para operar com temperaturas negativas.

Para conforto de ambiente operamos normalmente com temperaturas positivas variando de 6,0ºC a 12ºC.

Nesta aplicação é necessário utilizar fancoils em conjunto com o chiller.

Entre os diversos modelos de chillers temos chiller com compressores scroll, compressores parafusos e compressores centrífugos.

A capacidade dos chillers industriais variam de fabricante para fabricante, encontramos no mercado chillers industriais de condensação a AR de 20 a 350 TR e condensação a água de 120 a 3000 TR.

Os modelos de chillers mais atuais utilizam os gases ecológicos, ou seja, que não agridem a camada de ozônio e com baixo GWP conforme protocolo de Montreal.

Exemplo: R407C, R410A, R134A, R123, etc…

A diferença é a forma de condensar o fluido refrigerante (gás).

O Chiller de condensação a AR utiliza o ar ambiente (externo) para resfriar o gás através de grandes radiadores dotados de ventiladores. Estes resfriadores devem ser instalados na parte externa do prédio, com livre circulação de ar.

Apesar de consumir um pouco mais de energia a conexão hidráulica é bem simplificada; necessita somente da interligação com o circuito de água gelada.

A instalação do Chiller de condensação a ÁGUA requer a conexão de um segundo circuito hidráulico, o da água de condensação. Neste tipo de resfriador, o gás (fluido refrigerante) passa por um condensador (trocador de calor) por onde circula água da Torre de Resfriamento. O chiller de condensação a água fica normalmente abrigado numa casa de máquinas.

A escolha de qual Chiller alugar vai depender muito das circunstâncias e da necessidade do cliente; podemos ajudá-lo nisso.

A capacidade do Chiller depende de 03 fatores basicamente:

– Diferença de temperatura de entrada e saída (∆T) em graus (°C);

– Vazão do fluido em m³/h ou l/s;

– Especificação do fluido (água, etileno glicol, salmoura, etc).

Com estes dados se calcula a capacidade em kcal/h ou Toneladas de Refrigeração (TR) como é mais comum.

Normalmente o Chiller opera com água entrando a 12°C e saindo a 5°C mas dependendo da aplicação e do fluido que está sendo resfriado, podemos atingir até -5°C.

Existem equipamentos especiais que podem chegar a níveis mais baixos utilizando amônia.

Lembre-se que a diferença ideal entre entrada e saída é de 5°C e que o fluido não poderá retornar para o Chiller acima de 25°C.

A Capacidade (kW) dos nossos Chillers em regime é da ordem de 1,3kW por TR (tonelada de refrigeração) para resfriadores com condensação a AR e 0,6kW por TR para Chillers de condensação a ÁGUA.

É importante envolver um eletricista para certificar a tensão elétrica (220 ou 380 ou 440V) e a capacidade de corrente do disjuntor (Amperes) disponíveis no local.

A SoEnergy dispõe de mangueiras especiais e cabos elétrico bem como uma variedade de adaptadores e barriletes para interligar os equipamentos ao sistema ou a CAG do cliente. Para isso é importante solicitar uma visita técnica ou enviar fotos detalhadas para que possamos fazer uma pré avaliação.

A instalação é rápida, as mangueiras possuem acopladores macho/fêmea que facilitam bastante. Em geral finalizada a etapa comercial e transporte a instalação é feita em algumas horas.

Quando o sistema de bombas do cliente está operacional e as capacidade são compatíveis, utilizamos sem maiores problemas.

Indicamos o uso de bombas para complementar o recalque quando o Chiller de aluguel está em desnível com a instalação do cliente ou existe uma perda de carga significativa. Temos uma boa quantidade de bombas de recirculação para as faixas de pressão e vazão dos Chillers.

A climatização depende da carga térmica do ambiente ou espaço e depende de um levantamento técnico cuidadoso.

Entre os vários aspectos que precisam ser avaliados para definição da carga térmica estão o volume (m³) do espaço, material da construção (metal, alvenaria, vidro, vinil, etc.), aberturas (janelas, portas), fontes de calor (nº de pessoas, equipamentos, luzes, insolação, etc.), atividades que serão desenvolvidas no local (trabalho pesado, reuniões, etc), necessidade de renovação de ar, presença de contaminantes, temperatura externa e interna desejada e outros.

A SoEnergy tem equipamentos especiais para insuflação de ar condicionado dentro dos parâmetros adequados a cada aplicação e poderá auxiliá-lo na definição da melhor solução do teu desafio.

Lembre-se, estamos a uma ligação de distância.

WhatsApp chat